História

História

A visão de Pat e Jim Montgomery

Pat Montgomery e o seu marido Jim fundaram a Clonlara School em 1967. Após leccionar 12 anos, e já com 2 filhos, Pat começou a sentir que as escolas não tinham em consideração o desenvolvimento e crescimento natural da criança no que diz respeito à aprendizagem. Admiradora do trabalho de Piaget, que promovia a aprendizagem através de brincadeiras e jogos, Pat trabalhou arduamente para criar uma escola onde todos pudessem aprender ao seu próprio ritmo, de acordo com as suas necessidades e interesses.

A sua visão era criar uma escola onde crianças de todas as idades, etnias e crenças pudessem aprender e crescer numa atmosfera descontraída e livre de stress; com um número limitado de alunos para que a comunidade educativa se conhecesse e se apoiasse; e onde as famílias tivessem um papel ativo na vida da escola e na educação das crianças.

Os princípios democráticos tornar-se-iam uma realidade na vida quotidiana dos tutores e aprendizes. Os alunos não seriam coagidos a aprender exclusivamente o que consta nos currículos ou nos manuais escolares. Seria respeitada a sua individualidade e seriam tratados com humanidade, de igual para igual. As questões que impactam diariamente nas suas vidas e as questões mundiais seriam parte integrante do currículo, assim como viajar seria uma fonte privilegiada de conhecimento.

O Programa “Off Campus” começou em 1979, um ano depois de uma família pedir a Pat para os ajudar a ensinar os seus filhos com a mesma abordagem utilizada no Campus. A visão de Pat para o Programa “Off Campus” era a de fomentar a independência e a autoconfiança dos alunos, encorajando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria educação. Acreditava que os alunos seriam capazes de identificar os seus objetivos e paixões, escolhendo os recursos educativos apropriados e estabelecendo os seus próprios horários.

O Programa “Off Campus” daria também aos alunos uma grande amplitude de escolhas para personalizar o seu currículo, recursos, métodos e horário. Com a ajuda de consultores experientes, Pat queria dar aos seus alunos liberdade e flexibilidade para projetar a sua própria educação.

Desde 1979, mais de 5000 alunos concluiram o ensino secundário com o programa “Off Campus” da Clonlara.

Os nossos alunos têm tido sucesso em faculdades e universidades prestigiadas, nas forças armadas, nas artes, no desporto, em trabalho missionário e em negócios empreendedores. São alunos que estão bem preparados para seguir as suas ambições porque os seus objetivos pessoais foram o guião do seu processo educativo.

A Clonlara continua a expandir-se e, presentemente, presta serviços a alunos em mais de 35 países, tendo escritórios nos Estados Unidos da América, Dubai, Alemanha, Espanha, França, Hungria e Portugal, e programas afiliados na Costa Rica, Estados Unidos da América, Portugal, Dubai e Moçambique.

Clonlara é o nome da vila irlandesa onde o pai de Pat ia à escola. Uma homenagem em agradecimento a todo o incentivo e apoio que este lhe deu na criação da sua escola de sonho.

 

Pelo direito ao Ensino Doméstico

A Clonlara School tem sido uma das principais defensoras da educação alternativa e do ensino doméstico nos Estados Unidos. Pat Montgomery foi fundamental na legalização e aceitação do “homeschooling” nos E.U.A. tendo, na década de 1980, instaurado um processo contra o Estado do Michigan em nome da Clonlara e das famílias que praticavam o ensino doméstico.

Em 1993, o Supremo Tribunal do Michigan deu razão à Clonlara: o Estado estava a tentar fazer cumprir uma lei que não existia. Esta batalha legal foi uma vitória para as famílias de ensino doméstico em todo o país. A decisão favorável tem sido utilizada desde então como precedente para muitos outros casos.